SEGURANÇA E TECNOLOGIA

Blockchain será usado no monitoramento de energias renováveis

Blockchain será usado no monitoramento de energias renováveis
Tempo de leitura: 2 minutos

Certamente você já ouviu falar de blockchain. Trata-se de uma tecnologia que dá segurança e confiabilidade à troca e ao armazenamento de informações entre participantes de uma rede, sem a necessidade de intermediários ou de uma entidade centralizadora.

Aproveitando as possibilidades que a tecnologia oferece, a empresa espanhola de energia Iberdrola começou a usar blockchain para rastrear energias renováveis, segundo a agência Europa Press.

Os primeiros testes foram realizados em cooperação com o banco Kutxabank, sediado na Comunidade Autônoma Basca, em parceria com a subsidiária Cajasur.

Durante o procedimento, a Iberdrola monitorou a energia renovável fornecida por parques eólicos e uma central elétrica aos escritórios do banco no País Basco e em Córdoba, na região sul.

Conheça a CoinBene

O projeto piloto da empresa espanhola foi realizado por meio da Energy Web Foundation, plataforma blockchain de código aberto para atender às necessidades regulatórias, operacionais e de mercado do setor de energia.

Graças à tecnologia blockchain, a Iberdrola conseguiu estabelecer uma hierarquia dos produtores de energias sustentáveis e automatizar o processo de distribuição de energia.

A agência Europa Press informa que o teste foi um sucesso e a empresa acredita que blockchain contribuirá muito para o processo de emissão da garantia de origem, um certificado que informa o cliente sobre a fonte da energia que ele está consumindo, além de fornecer soluções descentralizadas que podem aumentar a transparência e reduzir os custos operacionais eliminando intermediários.

Seguindo a tendência

A Acciona Energia, outra operadora espanhola de eletricidade, anunciou em dezembro ter intenção de usar blockchain para rastrear a geração de energia por fontes renováveis.

Além delas, a alemã Siemens também se associou à Energy Web Foundation para promover o uso de tecnologias descentralizadas, e o Departamento de Energia dos EUA destinou mais de US$ 4 milhões para pesquisas universitárias que envolvem blockchain.

Venha para a CoinBene!

Com mais de 200 ativos digitais, te ajudamos a conhecer o mundo muito além do Bitcoin. Cadastre-se grátis em nossa plataforma e vamos aos negócios!

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Banco Central
BC vai permitir troca de informações via blockchain
Mainnet EOS
CoinBene dará suporte para Mainnet do EOS
TrueChain, tecnologia voltada para publicidade digital