ANÁLISE DE ESPECIALISTA

Citigroup é o mais novo grande player a lançar unidade comercial dedicado a criptomoedas

Tempo de leitura: 2 minutos

A gigante de Wall Street lançará um novo grupo de ativos digitais dentro de sua unidade de gestão de fortunas visando oferecer opções de investimento em criptomoedas para seus clientes mais ricos. A nova frente sera liderada por Alex Kriete e Greg Girasole. A informação foi vista pela equipe da Bloomberg News em um memorando obtido pelo The Block. O novo grupo se chamará Digital Assets Group.

 

“Eles serão responsáveis por desenvolver nossos recursos de produtos futuros, mecanismos de entrega para os clientes e a liderança crítica acerca de todos os ativos digitais”, disseram no memorando, Iain Armitage, chefe global de Mercado de capitais do Citigroup e Rob Jasminski, supervisor global de gestão de investimentos do banco. Kriete e Girasole servirão como contatos para “todos os outros grupos de negócios do Citi que também estão se expandindo neste espaço emergente”.

 

Conheça a CoinBene

O Citigroup está formando a unidade à medida em que a demanda do investidores por ativos digitais continua crescendo, mesmo com as violentas oscilações nos preços das principais criptomoedas. A iniciativa visa esforços semelhantes de concorrentes como a Goldman Sachs Group Inc. e Morgan Stanley, que recentemente investiram em blockchain ou empresas relacionadas com a tecnologia.

 

O Citigroup vem construindo sua unidade de gestão de patrimônio desde a formação da divisão no inicio deste ano, quando nomeou o executivo de longa data Jim O’Donnell para liderar o esforço.

 

Recentemente o Citi tem se concentrado na construção de uma série de centros de gestão de fortunas na Europa e na Ásia, enquanto sinaliza o encerramento de algumas operações bancárias de varejo em ambas as regiões.

 

De acordo com o plano revelado no memorando, o novo grupo auxiliará os clientes a investirem em criptomoedas, stablecoins, NFTs (Non-Fungible Tokens), bem como moedas digitais do banco central (CDBC).

 

A unidade recém formada, surge poucas semanas após que os executivos chefes dos seis maiores bancos dos EUA foram interrogados pelo Congresso sobre suas ligações com criptomoedas. A CEO do Citigroup, Jane Fraser, disse na época que “o banco está dando seus primeiros passos provisórios nessa area”.

 

 

Fontes: The Block / Bloomberg

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Hoje não é um bom dia para o Bitcoin
Preço pode chegar a US$7.500
Saiba a hora exata de comprar Bitcoin