MERCADO

Desenvolvedores podem criar tokens na rede Bitcoin Cash

Tempo de leitura: 1 minuto

Membros e desenvolvedores da comunidade Bitcoin Cash discutem a tokenização da rede, ou seja, a implementação de novos ativos digitais criados em cima da rede BCH. Essa hipótese passou a ganhar força desde o último hard fork, realizado em maio.

Primeira proposta

O protocolo Colored Coins é um desses projetos. Apresentado pelo GRUPO, de Andrew Stone e Joannes Vermorel, ele pretende disponibilizar moedas coloridas na rede Bitcoin Cash, que seriam representativas, podendo indicar a posse de itens físicos ou digitais, como uma moedas, barras de ouro ou ações.

Esse protocolo estreou na rede BTC em 2013, adicionando metadados ao blockchain. Se for adicionado à rede do BCH, ele vai possibilitar a criação de uma moeda chamada Cryptonized Cash (CC) que pode ser usada com Cashpay para descontos e produtos exclusivos.

Os desenvolvedores já anunciaram que o token CC terá fornecimento total limitado a 1 bilhão de unidades, sem a possibilidade de expansão.

Conheça a CoinBene

Protocolo simples

Já o outro é o Simple Ledger Protocol, um sistema de tokens para a rede BCH que lida com tokens trocáveis e resgatáveis sem a necessidade de mudanças no algoritmo de consenso.

O documento apresentado pela SLP diz que como o protocolo se baseia na cadeia de transações da estrutura Bitcoin já existente, os usuários podem verificar transações com carteiras SVP dentro de limites práticos.

Os desenvolvedores ainda ressaltam que o sistema SLP será sem permissão, simples, não invasivo, extensível e terá um plano de implementação para suporte rápido ao ecossistema. Para finalizar, o grupo destaca que a chave para o sucesso do novo protocolo seria a simplicidade.

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Cotação do Aston (ATX) cai 5,7% nesta terça-feira
Cidade no Canadá tenta ressurgir com mineradora do BTC
Cidade “fantasma” no Canadá tenta ressurgir por meio do BTC
Descubra se criptomoedas foram um dos temas mais pesquisados em 2018!
Descubra se criptomoedas despertaram o interesse do público em 2018!