MERCADO

Empresas de mineração querem entrar no mercado de ações

Tempo de leitura: 2 minutos

Três das maiores empresas do setor de mineração de moedas digitais estão planejando entrar no mercado de ações, informa a rede de televisão CNN. A reportagem aponta que esse talvez não seja um bom momento para realizar a aposta, visto que o segmento de criptoativos está em baixa nos últimos tempos.

Bitmain, Canaan e Ebang, todas baseadas na China, ganham milhões vendendo peças e sistemas de alta tecnologia que alimentam a mineração no mundo. Elas planejam lançar seus IPOs (Oferta Pública Inicial de Ações, em português) em breve.

Desde dezembro de 2017, o preço da moeda digital mais famosa do mercado, o Bitcoin, que já chegou a US$ 20 mil caiu dois terços e atualmente flutua na faixa dos US$ 6 mil.

“Se o preço das criptomoedas cair repentinamente, a demanda por nossos serviços de mineração de hardware e criptografia também cairá”, alertou a Bitmain a potenciais investidores nesta semana.

Conheça a CoinBene

Turbulência no mercado

O mercado acionário de Hong Kong, onde as empresas planejam se listar, entrou neste mês em baixa, tendo despencado mais de 20% de seu pico anterior devido a preocupações com a desaceleração econômica e a guerra comercial da China com os Estados Unidos.

As empresas de tecnologia de mineração não disseram exatamente quando pretendem ir a público ou o quanto estão tentando levantar.

“Essas empresas podem estar querendo sacar antes que o mercado sofra uma queda ainda maior”, disse Benjamin Quinlan, fundador da firma de consultoria financeira Quinlan & Associates, em entrevista à CNN.

De acordo com ele, as criptomoedas estão lentamente ganhando mais aceitação entre os investidores tradicionais, apesar dos recentes reveses, contudo a indústria enfrenta grandes desafios.

A regulação das moedas digitais ao redor do mundo pode dar mais impulso ao setor ou minar seu crescimento. Na China, a maioria das atividades envolvendo os ativos foi banida no ano passado, mas o país ainda abriga muitas empresas de mineração de ativos apesar dos esforços das autoridades locais.

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
WAX e a revolução do mercado de games online
CPLO, ativo para crowdsourcing, é novidade na CoinBene
CPLO, ativo para crowdsourcing, é novidade na CoinBene
Gaúcho cria máquina de café que aceita moeda digital