SEGURANÇA E TECNOLOGIA

Gastos com soluções blockchain devem crescer 75% até 2022

Tempo de leitura: 2 minutos

Um relatório divulgado pela International Data Corporation (IDC) estima que os gastos mundiais com soluções em blockchain devem alcançar US$ 11,7 bilhões em 2022, o que representa uma alta de quase 75% em relação aos US$ 1,5 bilhão investidos em 2018, que é o dobro do valor aplicado em 2017.

Segundo o levantamento, os EUA receberão 36% desses investimentos no período, seguidos por Europa Ocidental, China e Ásia Pacífico (desconsiderando China e Japão).

Os investimentos em blockchain serão liderados pelo setor financeiro, que deve gastar US$ 552 milhões em 2018, impulsionados pela rápida adoção da tecnologia no setor bancário.

Já o setor de distribuição e serviços, que deve investir US$ 379 milhões em 2018, receberá fortes investimentos dos setores de varejo e serviços profissionais, enquanto o setor de manufatura e recursos, que tem gastos estimados em US$ 334 milhões no ano, será impulsionado pelas indústrias de manufatura e processos.

Conheça a CoinBene

O relatório indica que nos EUA, o setor de distribuição e serviços receberá os maiores investimentos, enquanto na Europa Ocidental, Oriente Médio, África e China o setor financeiro será responsável por isso.

As indústrias que terão o crescimento mais rápido nos gastos com blockchain serão as de manufatura de processo (78%), com a de serviços profissionais (77%) e os bancos (74%).

Segundo Jessica Goepfert, vice-presidente do programa da IDC, os gastos com crescimento de blockchain vão continuar em expansão.

“Continuamos a ver os maiores gastos e crescimento de blockchain em torno da linhagem de lotes e gestão de bens e bens. De ponta a ponta, as partes interessadas têm interesse em resolver essas questões. Os fabricantes querem garantir que os produtos cheguem onde devem chegar. Os varejistas e atacadistas buscam garantia em torno da validade e da qualidade dos produtos que estão vendendo. E os consumidores estão exigindo maior transparência dos provedores “, finalizou.

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
DCA
Atualizações do DCAex concluídas: ativo agora se chama DCA
Cyber Miles: o blockchain do e-commerce
Cyber Miles: o blockchain do e-commerce
CNET e TRF
Operações de CNET e TRF temporariamente suspensas