MERCADO

JPMorgan reconhece que criptoativos terão papel de destaque

Tempo de leitura: 1 minuto

O co-presidente do JPMorgan, Daniel Pinto, afirmou que o banco está “investigando” o universo das moedas digitais, pois elas terão um papel importante no futuro.

Em entrevista à CNBC, o executivo comentou que a instituição já pode negociar contratos futuros de Bitcoin, mas ainda não optou por fazê-lo.

“Estamos olhando para esse mercado. Não tenho dúvidas de que essa tecnologia desempenhará um papel relevante”, disse Pinto.

JPMorgan lê os sinais

A postura neutra de Pinto mantém os sinais conflitantes do gigante bancário sobre as aplicações em ativos digitais em 2018.

Conheça a CoinBene

Apesar da proibição de uso dos cartões de crédito da entidade na compra de moedas digitais, a maioria dos funcionários em cargo de liderança no JPMorgan tem falado sobre as vantagens do Bitcoin e do blockchain.

O executivo acredita que a economia irá incorporar aspectos que nasceram com os ativos financeiros digitais.

“A tokenização da economia para mim é real”, finalizou.

O JPMorgan trabalha para integrar o blockchain ao seu sistema, registrando uma patente para realizar transferências interbancárias P2P em tempo real usando a tecnologia, conforme informou o Cointelegraph no início de maio.

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Cotação em baixa não afeta previsões sobre o EOS
Preço do token Aditus (ADI) cai 3,2% nesta quinta-feira
Transferir BTC é mais barato do que enviar dinheiro por bancos