MERCADO

Veja “previsões” do mercado que não vingaram em 2018

Veja “previsões” do mercado que não vingaram em 2018
Tempo de leitura: 3 minutos

Estamos no último dia de 2018, época de realizarmos um balanço do que vivemos nos últimos 364 dias, pensarmos nas promessas para 2019 e agradecermos – agradecer faz bem, viu!

Mesmo que tudo não tenha acontecido como a gente queria – pelas coisas boas e todo o aprendizado que tivemos ao longo das últimas 8760 horas.

Obrigado, 2018! E que venha 2019!

O mercado de criptomoedas viveu sua maior expansão no final de 2017 e no início deste ano, quando o Bitcoin e outros criptoativos atingiram suas maiores cotações da história.

Mas, como diz a história de Joseph Climber, a vida é uma caixinha de surpresas, e esse cenário mudou muito ao longo de 2018.

Conheça a CoinBene

Os ativos digitais entraram em desvalorização, acumularam perdas significativas ao longo do ano, inclusive registrando os menores níveis em anos.

Só que antes disso acontecer, alguns especialistas realizaram apostas e deram seus palpites sobre o universo das criptomoedas.

E, adivinhem: não foram muito felizes em suas falas.

Quer saber quais são? Confira!

O fundo do poço é mais embaixo

O executivo da Blockchain Capital Spencer Bogart afirmou durante uma entrevista à CNBC que o Bitcoin estava perto do fundo do poço em outubro. Na época, o ativo era negociado em torno de US$ 6,4 mil.

Mal sabia ele que a criptomoeda mais famosa do mercado cairia ainda mais. Tanto que no mês de novembro o Bitcoin chegou a ser negociado abaixo de US$ 3,3 mil.

Bem que Bogart podia ter acertado a sua previsão…

Máxima em janeiro de 2019

CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz também esbanjou otimismo com o Bitcoin ao longo dos últimos meses. No final de 2017 o executivo afirmou que o valor da moeda chegaria a US$ 40 mil em novembro de 2018. E não foi bem isso o que aconteceu, não é mesmo…

Em outubro desse ano, Novogratz cravou que o ativo deve atingir US$ 10 mil entre o fim de 2018 e o início de 2019. Vamos acompanhar e ver se ele acerta a próxima previsão!

To The Moon!

Segundo o estrategista Kay Van-Petersen, o preço do Bitcoin deveria chegar a casa dos seis dígitos, o que nunca aconteceu.

Podia ter alcançado os seis dígitos…

Em janeiro de 2018, o executivo da Saxo Capital Markets disse que a criptomoeda mais famosa do mercado valeria entre US$ 50 mil e US$ 100 mil durante o ano.

Vamos lustrar essa bola de cristal para acertar nas próximas previsões, hein Van-Petersen!

Acima dos US$ 20 mil

Famoso touro do Bitcoin, Tom Lee anunciou em julho que a criptomoeda mais famosa do mercado fecharia este ano cotada acima de US$ 20 mil, muito possivelmente perto dos US$ 25 mil.

Segundo o analista de Wall Street, isso aconteceria por conta do alto número de bitcoins que já foram minerados. Porém nós já sabemos que a história não se saiu como Lee (e todos nós, entusiastas do mercado), gostaríamos que tivesse acontecido.

Que coisa, hein!

Como vocês viram, o mercado não colaborou muito com a previsão dos nossos especialistas.

Só que existem alternativas além do Bitcoin, e muitos desses ativos estão na CoinBene. Nosso propósito e te mostrar que existe um mundo muito além do Bitcoin.

Aproveite para criar sua conta grátis e ter acesso a um portfólio com mais de 200 criptoativos. Vamos aos negócios!

E um FELIZ ANO NOVO a todos!

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
Para Charlie Lee, BTC é ouro, LTC prata e XRP são diamantes
NTY
Cotação da Nexty (NTY) registra forte queda nesta quinta-feira
Dinheiro
BC holandês não considera moedas digitais como dinheiro