MERCADO

Estudo: Tether domina mercado, mas não transmite confiança

Estudo: Tether domina mercado, mas não gera confiança
Tempo de leitura: 1 minuto

Um estudo realizado pela empresa de criptografia Blockchain.com indica que o Tether (USDT) lidera o mercado das stablecoins, apesar de suspeitas sobre falta de valor do ativo.

Segundo a pesquisa, o Tether é a segunda criptomoeda mais ativamente negociada, equivalendo a cerca de 60% do volume diário de negociação de Bitcoin (BTC).

No início do ano, o USDT entrou no top 10 dos ativos com maior valor de mercado e sua participação, no momento, representa 93% do valor de mercado de todas as stablecoins.

Mesmo com a chegada de novos ativos estáveis, como TrueUSD, o Tether comanda aproximadamente 98% de todo o volume de negociações de stablecoins.

Conheça a CoinBene

Os idealizadores do estudo lembram que o valor das stablecoins, como o Tether, não é como o de outras criptomoedas e não tem ligação com a confiança dos usuários, e sim o fato delas representarem um ativo apoiado por um bem físico ou valor verificável.

Mesmo com a predominância aparente do USDT, a pesquisa indica que o nível de transparência do ativo é baixo. O que a torna forte é sua alta adesão por grandes exchanges em todo o mundo.

Atualmente o Tether está na 8ª colocação do CoinMarketCap, com capitalização de mercado de US$ 2,8 bilhões. Seu concorrente “mais próximo” é o TrueUSD, que ocupa o 58º lugar da lista, e tem capitalização de US$ 117 milhões.

COMPARTILHAR
Notícias relacionadas
John McAfee cria moeda física baseada em criptomoedas
Novos ativos chegam ao portfólio da CoinBene
Novos ativos chegam ao portfólio da CoinBene
IoP
Descubra como funciona a mineração da criptomoeda IoP